Explorando a Comunicação

Mercúrio Retrógrado de 6 a 28 de Fevereiro (GMT)
Por Sarah Varcas

A passagem de Mercúrio retrógrado começa destacando a natureza imprevisível da comunicação… independentemente de quão hábeis comunicadores pensemos que somos!

À medida que avança, Mercúrio muda o foco da nossa atenção, desligando-a dos resultados da nossa comunicação para a aceitação de que, uma vez “lá fora” dificilmente estará em nossas mãos controlar aquilo no que ela se transformará.

É fácil e natural sentirmos que, de certa forma, nós possuímos o que comunicamos. Temos uma mensagem, seja ela qual for, traduzimo-la em palavras ou imagens e supomos que quando outra pessoa entrar em contato com essas palavras ou imagens, receberá delas a mesma mensagem que nós procuramos transmitir.

Quem dera que o mundo fosse tão simples assim!

Em vez disso, descobrimos que o que dissemos foi ouvido como algo totalmente diferente! Quisemos dizer “A”, eles ouviram “Z”; pensamos ter dito “sim”, mas eles ouviram “não”. Estávamos genuinamente certos de termos sido claros, mas eles nos acharam completamente confusos em todos os sentidos!

É precisamente esta qualidade da comunicação que está sendo trazida à nossa atenção na primeira semana desta passagem retrógrada. Com Mercúrio em conjunção com Netuno enquanto estacionário, não existe comunicação clara, apenas sombras e nuances do que era apenas uma meia-verdade no começo… e, mesmo assim, uma verdade muito subjetiva!

Poderíamos deixar que tudo isto nos estressasse, tentando desesperadamente pôr os pingos nos “Is” e cruzar todos os “Ts”, na tentativa de erradicar qualquer chance de mal-entendido.

Ou poderíamos nos render ao fato de que a própria comunicação – sendo uma troca entre dois indivíduos, cada um com seus próprios problemas e pontos de vista, pensamentos e sentimentos pré-existentes – é inerentemente defeituosa, se o que desejamos dela é que seja um acordo perfeito e entendimento infalível.

Se, no entanto, o que desejamos é simplesmente fazer uma conexão, envolvermo-nos com o outro num espírito de abertura e indagação, curiosos sobre o que pode estar ocorrendo em seu coração e mente, então tal comunicação é o recurso mais maravilhoso para isso.

Em 13 de fevereiro (GMT), Mercúrio sairá do mundo aquoso de Peixes e Netuno, e entrará no domínio aéreo de Aquário. Então teremos duas semanas para refletir sobre as maneiras pelas quais tentamos “possuir” nossa comunicação e o que cria esse apego em nós. Pois Mercúrio em Aquário nos ensina, em última análise, que essa comunicação não pertence a ninguém.

Ideias, pensamentos, palavras, imagens, uma vez compartilhados com todo mundo, tornam-se parte do campo coletivo da consciência. No plano mundano, nós reivindicamos os direitos autorais de nossas palavras e expressões criativas. Até mesmo para as ideias é atribuída propriedade por lei, e tudo isto tem seu motivo, considerando-se o modo que o mundo funciona.

Mas levar este sentido de posse para o mundo invisível da consciência coletiva, onde todos nós compartilhamos um cérebro global, destrói a verdadeira natureza da comunicação e das ideias, pensamentos e sentimentos que ela transmite.

Durante a passagem retrógrada de Mercúrio por Aquário, entramos em contato com os ganchos que existem dentro de nós, quando se trata do que dizemos e como isto é recebido. É possível que surjam discussões, se estes ganchos forem particularmente fortes ou cravarem profundamente na nossa carne egoica.

Ou podemos sentir a necessidade de concordar em discordar, para permitir que a outra pessoa pense todo tipo de coisas a nosso respeito, que sabemos que não são verdadeiras. Podemos encontrar o aspecto da comunicação que está totalmente fora do nosso controle, mesmo quando nós é que iniciamos o contato em primeiro lugar.

Esta pode ser uma experiência perturbadora. Relacionamentos, sejam eles tão íntimos quanto o de parceiros de vida, ou tão distantes quanto o de um escritor e seus leitores, estão cheios de projeções e suposições, opiniões subjetivas e influências inconscientes.

Quanto mais formos capazes de aceitar este fato e, mesmo assim, estarmos preparados para acrescentar nossa porção à tapeçaria coletiva de pensamentos, sentimentos e opiniões, mais rica essa tapeçaria se tornará e mais probabilidade haverá de que cada um de nós encontre companhias afins no caminho à frente.

Mercúrio em Aquário nos traz entendimento inovador e novas perspectivas. Quando retrógrado, ele nos lembra de quão indesejáveis essas perspectivas podem ser às vezes, num mundo em que o que nos é familiar é acolhido e o que é diferente pode ser posto de lado por ser considerado simplesmente “errado”.

Neste mês somos desafiados a expressar o que devemos sem medo e, ao mesmo tempo, aceitar que aquilo que falamos, uma vez expressado tem uma vida própria a ser vivida. Do mesmo modo, é um momento para nos lembrarmos de que, quando recebemos a comunicação de outros, nós também lhe acrescentamos nosso próprio brilho e talvez nunca ouçamos inteiramente o que eles realmente têm a nos dizer.

A comunicação de ideias, sentimentos e conceitos abstratos muitas vezes é considerada aquilo que nos separa dos outros animais. Ela certamente nos separa uns dos outros às vezes… quando perdemos a cabeça, inflamados pela emoção e necessidade de apresentar nossa ideia ou vencer uma guerra de palavras.

Com Mercúrio retrógrado, somos convidados a permitir que os argumentos descansem e expandir nossa mente para além dos nossos próprios pensamentos, de modo que os dos outros penetrem sem que nosso sistema de segurança interno seja ativado assim que eles se aproximarem.

Não temos que concordar nem aceitar, mas podemos ouvir e respeitar que cada um de nós enxerga o mundo através de uma perspectiva exclusiva e que, para nós, essa perspectiva faz todo sentido, não importando quão absurda ou totalmente errada possa parecer para qualquer outra pessoa!

Esta passagem de Mercúrio retrógrado introduz um tempo de entendimento profundo sobre o que a comunicação realmente é e sua função em nossas vidas.

Quanto mais abertos estivermos para esse entendimento, mais capazes seremos de comunicar o que for importante para nós, num espírito de abertura e confiança, ao mesmo tempo aceitando que o que outros ouvirem poderá ser totalmente diferente, e isto será bom também.

Esta é a natureza do cérebro global: sete bilhões de pessoas, cada uma com sua própria programação, experiência e visão do mundo… Quando olhamos para isso deste modo, não é à toa que a comunicação pode ser um campo minado e uma incrível fonte de conexão profunda, tudo ao mesmo tempo!

Sarah Varcas

Por favor, respeite todos os créditos
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/02/explorando-comunicacao.html
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
Fonte: http://astro-awakenings.co.uk/mercury-retrograde-6th-to-28th-february-2014-gmt
© Sarah Varcas. Todos os direitos reservados.
É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto (no original, em inglês) é oferecido gratuitamente: www.astro-awakenings.co.uk.