29 de Setembro: Dia do Arcanjo Miguel

Dia de Arcanjo Miguel! Vale acender uma vela azul ou branca e fazer suas orações, agradecendo e pedindo proteção em todos os níveis! Arcanjo Miguel tem em sua legião de Luz os nossos Anjos da Guarda também! Príncipe Miguel, que sua Espada de Luz azul cobalto flamejante seccione tudo o que não seja Luz e amor, saúde e paz em nossas vidas! Amém 🙏🏽 🌟💙💙💙

Arcanjo Miguel atua com Mestre El Morya no Primeiro Raio Azul, na Força da Fé e da Proteção Divinas. Arcanjo Miguel faz parte da Fraternidade Branca, reverenciado como Príncipe Miguel, com sua Legião de Luz, faz parte do Conselho Cármico, também encaminhando as almas que se libertam para os templos de Luz. É um dos Confederados na Luz e faz parte do conselho de Ashtar. É o Arcanjo da Proteção, da Libertação, da Fé e da Ação de Deus no Universo. Arcanjo Miguel – que significa “quem como Deus?” e “semelhança de Deus”, é considerado o príncipe guardião e guerreiro, defensor do caminho de toda a humanidade rumo a maestria e ascensão.

Quando invocamos São Miguel sentimos a força de seu Raio de Luz Azul cobalto a nos envolver e invocamos por sua proteção para nosso lar, nosso trabalho, envolvendo nossa vizinhança, nossos familiares e amigos. Desde os Portais da Fé e da Proteção de seu templo em Banff no Canadá , que a Luz da Fé, na força do raio azul cobalto nos envolva e ilumine todo o nosso caminho em proteção e liberdade divinas! Que sua espada de Luz azul cobalto flamejante, seccione, seccione, seccione, tudo o que não seja Luz, equilíbrio, amor, saúde e força!

Arcanjo Miguel à frente, Arcanjo Miguel atrás,
Arcanjo Miguel à direita, Arcanjo Miguel à esquerda,
Arcanjo Miguel acima, Arcanjo Miguel abaixo
Arcanjo Miguel, Arcanjo Miguel!
Onde quer que eu vá

EU SOU o seu amor que me protege aqui!
EU SOU o seu amor que me protege aqui!
EU SOU o seu amor que me protege aqui!

Amém! Amém! Amém!

Nota: Ao acordar invoque sempre por Arcanjo Miguel e seu tubo de Luz azul cobalto e envolva-se em proteção durante todo o seu dia. Lembre-se sempre do seu Anjo da Guarda, oferecendo-lhe a chama de uma vela ou uma oração.