Círculo de Luz e Amor de Maria por Jane Ribeiro

Monte Shasta, agosto de 1996.

Entre os muitos milagres vivenciados por mim na montanha sagrada de Mestre Saint Germain, desde 1994, ano da minha primeira andança naquele local sagrado, agosto de 1996 trouxe o milagre dos milagres, o retorno da bem amada Mãe Maria a minha vida.

Lá Ela me fez recordar as muitas vidas em que estive ao seu lado, lá Ela me pediu que voltasse a utilizar o poder da oração para expandir o seu amor por todo esse amado planeta.

Abençoada por sua proximidade, retornei a São Paulo para iniciar, em 01 de outubro de 1996, a Corrente de Luz e Amor de Maria; nesse dia as portas da minha casa foram escancaradas às 19h30min para receber aqueles que quisessem orar comigo em nome do amor, da cura e da paz planetária.

E assim tem sido desde então. Nestes 20 anos sempre contei com a presença amorosa de amigas e amigos queridos, devotos de Maria, que engrossaram o coro das orações das terças-feiras com o objetivo de expandir as bênçãos da Mãe por toda a Mãe Terra.

Almas iluminadas, que sem medir esforços sustentaram esse trabalho anônimo nestas duas últimas décadas que se completaram neste 1º de outubro de 2016.

Tenho guardado, com muito carinho, todos os cadernos onde as pessoas anotaram seus nomes, a cada semana.

Olhando agora na primeira página, datada de 1º de outubro de 1996, releio uma frase de Mestre Jesus, e os nomes das dez pessoas que atenderam ao chamado da Mãe: Antonieta, Carmela, Andrea, Lilian, Selma, Fábio, Luiz, José Carlos, Marcos Aurélio e Peter.

À todos vocês minha gratidão eterna.

Gratidão também a todos aqueles que se juntaram a este primeiro grupo ao longo do tempo. Foram muitos, são muitos.

Agradeço também a minha família, que generosamente aceitou compartilhar nossa casa para tornar realidade esse trabalho que tenho realizado com muito amor.

À Carmen Lucia Balhestero, por ter me ajudado a reconhecer o propósito maior da minha vida nesta encarnação.

À Vós, bem amada Mãe, não encontro palavras que possam expressar a minha gratidão e o meu amor por vossa presença em minha vida.

Aqui estou para continuar na senda que me leva a Vós.

Com amor e gratidão,

Jane Ribeiro


Mensagem de Mãe Maria

Amados Filhos, que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Verdade e justiça, o mundo busca por verdade e justiça.

Vosso planeta, e todos vós, passais por profundas transformações.

Tudo vem à tona, tudo que permaneceu mergulhado na densidade do mundo ilusório se revela sem máscaras, e o mundo busca reconhecer a verdade que emerge para pedir justiça.

Sim, justiça! Justiça para os escravizados, para os gananciosos, para os usurpadores, justiça para os que destroem a vida, para os que usam a força como arma para dominar, justiça!

A vida exige de todos vós o exercício de profundas mudanças, para que o equilíbrio volte a imperar em vosso planeta e em seus habitantes.

Urge encarar os desafios com honestidade e clareza, urge reconhecer vossas falhas e corrigi-las, urge deixar de vez as atitudes e pensamentos egoístas que só fizeram aumentar o fosso entre os Filhos da Terra.

O tempo é de união, de congraçamento, de harmonia e fraternidade, de paz.

Para tanto é preciso agir, eis que a paz não se revela em um mundo desequilibrado, onde seus habitantes buscam sobreviver à custa do outro.

É preciso reaprender a viver em total fraternidade com tudo e com todos; esta é a lição a ser aprendida e posta em prática neste tempo.

Correi, pois em busca do resgate da verdade, não importando quanto ela possa doer, quantas feridas ela faça sangrar, mas com a certeza de que a cura será definitiva, a dor será só uma lembrança, e o desamor uma realidade vivenciada em um passado que não tem mais espaço para retornar.

Lembrai-vos que a justiça não se faz presente onde impera a mentira, a dissimulação, o engodo; justo é aquele que olha para o mundo e reconhece o sentido de todos os seus pensamentos, sentimentos e ações; o justo aceita a responsabilidade por todas as suas manifestações, o justo é aquele que muda em si tudo que não revela equilíbrio, tolerância e amor.

O mundo precisa de equilíbrio, tolerância e amor; mudar o mundo passa pela transformação do egoísmo em fraternidade a ser manifestada por cada um de vós.

Não há mais tempo para permanecer na inércia; é preciso agir, agir diuturnamente, buscando equilibrar vossas polaridades, exercitando a compreensão que afasta o julgamento, deixando que o amor flua livremente do mais intimo de vosso ser para ser sentido, vivido e compartilhado com todos os Filhos da Terra.

Sois uma grande família, e já é tempo de reunificar todos os seus membros, pondo um ponto final em todas as diferenças, falsas diferenças que separaram irmãos de irmãos, adotando a postura daqueles que resgataram a verdade maior de que todos tem um mesmo Pai e uma mesma Mãe Divinos, e que as falsas diferenças não encontram mais guarida nas mentes e corações dos Filhos da Terra.

Bem amados, lembrai-vos que sempre depois da tempestade vem a bonança, e que este é um tempo em que as tempestades vêm sendo dissolvidas pelo emergir da verdade e da justiça manifestados por tantos de vossos irmãos que já alimentam em seus corações somente a frequência do amor.

Que o amor esteja presente sempre em vossos corações, e se torne o único alimento daqueles que buscam o real significado da palavra viver.

Bem amados, que vossas orações continuem alimentando a luz necessária para que vosso planeta brilhe cada vez mais no universo maior de Deus-Pai-Mãe.

Agradecemos estes 20 anos de orações continuadas em prol do amor, da paz e da cura de vosso planeta e seus habitantes, e que a egrégora criada nessas duas décadas continue se fortalecendo pelo trabalho amoroso de todos vós.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

SP-03/10/2016- Mensagem de Mãe Maria recebida por Jane Monachesi Ribeiro.