Diwali – Festival das luzes – em reverência a Lakshimi – Deusa da Abundância e da Prosperidade – 7/11/2018

O Diwali (também transcrito Deepavali ou Deepawali) é uma festa religiosa hindu, conhecida também como o festival das luzes. Durante o Diwali, celebrado uma vez ao ano, as pessoas estreiam roupas novas, dividem doces e lançam fogos de artifício. Esse festival celebra, entre outras histórias, a destruição de Narakasura por Sri Krishna, o que converte o Diwali num evento religioso que simboliza a destruição das forças do mal.

O Diwali é um grande feriado indiano e um importante festival para o hinduísmo, o sikhismo, o budismo e o jainismo. Muitas histórias são associados a Diwali. O feriado é atualmente comemorado em todo o mundo como o festival das luzes, onde as luzes ou lâmpadas significam a vitória do bem sobre o mal dentro de cada ser humano. Diwali é comemorado no primeiro dia do mês lunar Kartika, que ocorre no mês de outubro ou novembro, sendo uma época de muita religiosidade, votos de sacrifício e introspecção. Em 2018, o Diwali se inicia no dia 7 de novembro.image015

As luzes, lâmpadas e velas significam a vitória do bem sobre o mal dentro de cada ser humano. As celebrações acontecem durante cinco dias – as principais acontecem no terceiro dia do festival (o dia exato do Diwali), na maioria das regiões indianas. E cada dia do festival tem um significado diferente.

Honras especiais são dadas a Lakshmi, a deusa da riqueza e prosperidade, e Ganesha, o removedor de obstáculos. Acredita-se que a deusa Lakshmi tenha sido criada a partir da agitação do oceano no principal dia de Diwali, e que ela visita cada casa durante o período do festival, trazendo com ela prosperidade e boa sorte. Diz-se que ela visita, primeiro, as casas mais limpas, por isso, as pessoas deixam suas casas impecáveis ​​antes de acender lâmpadas para convidar a deusa a entrar.

O primeiro dia (07/11) é conhecido como Dhanteras. “Dhan” significa riqueza e “teras” refere-se ao dia 13 de uma quinzena lunar no calendário Hindu. Este dia é dedicado a celebrar a prosperidade. Neste dia, a deusa Lakshmi é recebida nas casas para trazer prosperidade e os indianos tradicionalmente compram ouro. Os médicos Ayurveda honram Dhanvantari, uma encarnação do deus Vishnu que trouxe a Ayurveda para a humanidade.

O segundo dia (08/11) é conhecido como Naraka Chaturdasi ou Chhoti Diwali (pequeno Diwali). Acredita-se que, neste dia, a deusa Kali e o senhor Krishna destruíram o demônio Narakasura e libertaram 16.000 princesas.

O terceiro dia (09/11) é conhecido como Amayasya. O dia da lua nova tem a noite mais longa do mês e é a data mais importante do festival de Diwali. A deusa Lakshmi é muito adorada neste dia, com um puja (um tipo de culto) especial realizado à noite. É neste dia que os indianos acendem velas e pequenas lâmpadas de argila (chamadas diyas), soltam fogos de artifício e dão ao Diwali o Festival das Luzes. Neste dia, as pessoas usam roupas novas e trocam presentes e doces.

O quarto dia (10/11) tem diferentes significados pelo país. No norte da Índia, Govardhan Puja é celebrado como o dia em que Krishna derrotou Indra, o deus do trovão e da chuva. Em Gujarat, é celebrado como o início de um novo ano. Em Maharashtra, realiza-se um puja para Bali a fim de se obter bênçãos. Neste dia, os comerciantes abrem novas contas e todos os indianos oferecem orações.

O quinto e último dia (11/11) é conhecido como Bhai Duj, e é dedicado a celebrar as irmãs, da mesma maneira que Raksha Bandhan é dedicado aos irmãos. Irmãos e irmãs se reúnem e compartilham comida, para honrar o vínculo entre eles.


O QUE FAZER PARA ATRAIR AS ENERGIAS

– Iluminar a porta da casa e as janelas (acender as luzes), abrindo o caminho para a Prosperidade entrar.
– Fazer uma cesta de frutas: maçã, banana e laranja como símbolo de fartura, abençoá-las e compartilhar com outras pessoas.
– Acender velas durante o festival, nas cores: laranja, vermelha ou amarela.
– Fazer uma oração pedindo as bênçãos de LAKSHMI para o seu lar e para o seu trabalho.
– Emitir diariamente 9 vezes consecutivamente o Pravana “S H R I M” dedicado a LAKSHMI o que
atrai a Abundância, é o mantra da Prosperidade.
Que as bênçãos de Prosperidade e Abundância de LAKSHMI ilumine você, seu lar e seu trabalho, hoje e sempre.

Com todo nosso carinho, Carmen Balhestero e Heloísa Lassálvia


ORAÇÃO DE LAKSHMI

LAKSHMI, Deusa da Prosperidade e da Abundância,
abro meu coração e meu lar com muito amor
e exuberante alegria para recebê-La no meu Templo interno
e no Templo da minha morada.
Que suas bênçãos cheguem a mim
trazendo a pureza da flor de lótus,
a harmonia nos meus relacionamentos e
a prosperidade em tudo o que eu executar com fé,
entusiasmo e altruísmo.
Que o aspecto feminino de Deus
em todas as suas manifestações me tragam intuição,
percepção, dedicação e receptividade
para que eu possa realizar todas as minhas atividades com alegria e felicidade.
Que sua majestosa beleza reflita em meus pensamentos
para que eu possa sentir, falar, ouvir e agir somente
com a consciência da minha Presença Divina.
Que a sua Luz me envolva dentro de um campo magnético de Abundância
para que eu possa ter tudo o que necessito
e expandir essa minha Prosperidade para todos .
Tudo o que me for ofertado eu abençoo
e consagro para a realização do Plano Divino.
Amada LAKSHMI, bem-vinda à minha vida e ao meu lar!

Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou
a manifestação de tudo o que desejo neste instante,
hoje e sempre!

SHRIM! SHRIM!! SHRIM! SHRIM!

SHRIM! SHRIM! SHRIM! SHRIM! SHRIM!!


Participe do Ritual Diwali, Festival das Luzes no Oriente reverenciando Lakshmi, Deusa da abundância com Carmen Balhestero & Sloane Lacerda na quarta-feira, 7de novembro, às 15h. Mais informações: Fraternidade Pax Universal


Fonte: Informações de Fraternidade PAX Universal e Capricho Online