Eclipse Lunar Total – 27/7

Por Carla Marangolo

Neste ciclo de Câncer, que iniciou dia 12 de julho, a proposta é a de gestarmos algo novo em nossas vidas, utilizando as memórias passadas e o respeito pelos nossos ancestrais. Provavelmente estamos lidando com nossos medos, inseguranças, instintos e emoções de um jeito mais intenso porque o objetivo é fazer contato com o que temos mais profundo e resolver de forma objetiva ressentimentos, paixões, temores e diferenças.

A Lua cheia traz revelação, clareza ao processo e nos impulsiona a um estágio mais dinâmico, mais rico e inovador para que possamos trabalhar com mais clareza até o final desse ciclo.
A Lua Cheia ocorre dia 27 de julho, às 17h20, aos 4º44’ do signo de Aquário, e nos proporcionará um evento raro – um Eclipse Lunar Total, o mais longo do século 21 – 103 minutos. Será visível na Nova Zelândia, Austrália, Indonésia, Ásia, África, Europa e América do Sul, inclusive no Brasil. Do início ao fim esse eclipse lunar terá duração completa de aproximadamente 4 horas.

Sobre o significado desta Lua Cheia:
Marte, Nodos, Sol, Lua e Urano fazem ângulos de tensão, gerando impaciência, sensação de emergência, necessidade de romper com padrões arraigados, de fazer mudanças fazendo com que nos voltemos de forma mais direta para uma proposta de nova vida. Provoca também uma certa angústia, irritação e pode fazer com que nossa tolerância fique por um fio. Nesta condição há uma proposta maior de provocar rupturas principalmente por conta do eclipse – vocês vão observar que o inesperado será uma constante. Isto é bom porque a lunação de Câncer dá uma certa tendência a retroagirmos, a voltarmos atrás nas nossas decisões, e com essa força do céu seremos impulsionados para um outro ponto queiramos ou não. Mas é preciso muito cuidado e atenção para não entrarmos de cara nessa onda emocional tão densa.
Marte está retrogrado desde 26 de junho, solicitando que reavaliemos nossos costumes, a forma como afirmamos nossa identidade, nossas ações, principalmente com relação ao coletivo no uso dos recursos. Bom também para rever nossa postura individualista e “talvez” preconceituosa. A agressividade fica ampliada e por isso devemos fazer o possível para não alimentar discussões improdutivas. Se tivermos calma e flexibilidade vamos perceber que tudo pode ser resolvido com bom senso e com o tempo. Isso dará um espaço incrível para expressarmos a nossa criatividade. Aceitar as mudanças com o coração aberto e bom discernimento vai fazer toda a diferença. Bom também meditar muito!
Mercúrio inicia seu movimento retrogrado dia 26 de julho e vai até 19 de agosto, assim há uma necessidade grande também de revermos nossas palavras, nossos projetos, nossos relacionamentos, acordos, pactos. Reconversar, rever, ressignificar são atitudes importantes num período tão forte como esse.
Mercúrio retrograda em Leão e Marte em Aquário, seu signo oposto. Achei interessante e me pareceu excelente para trabalhar o ego! Momento precioso também para observarmos nossa postura com os grupos, de interagir de forma mais amiga com o mundo, de rompermos com preconceitos, de utilizar os recursos e bens materiais de forma mais consciente, cuidar do nosso planeta com amor, incluir projetos que reciclem as coisas, de nos abrirmos para novas perspectivas, mais alegres, felizes e leves!
Vocês já vão começar a sentir essa força, por isso é bom deixar a casa limpa quando chegam os eclipses – assim eles encontram um bom espaço para atuarem.