Importante : O Retorno de HAUMEA (Mãe de Madame Péle)

Nesta luz cheia estará retornando em Seu Total Poder e Glória, nos abençoando nesta lua cheia : 16/out/16.


De acordo com instruções do Mestre Saint Germain, a lua cheia que se aproxima, 1h24min 16/out/16, trará o RETORNO DE HAUMEA. Vamos nos abrir para receber as Bênçãos deste Novos Momentos de COCRIAÇÃO. A dica do Plano Espiritual daqui para frente é cuidar bem da saúde física, mental e emocional; meditar e envolver-se em situações que tragam alegria.

A conjunção desta lua cheia irá mostrar ainda mais máscaras caindo, pois é momento de retomada de Consciência através da Reavaliação de nossos Valores e Formas de Vida como seres humanos. O matrix do passado já não serve mais o propósito deste Novo Ciclo da Era da Luz = SATHYA YUGA que iniciou na Terra em 27/fev/2014.

Vamos permitir que este novo fluxo de Bençãos venha sobre a Mãe Terra de forma suave, trazendo Milagres e a Graça Divina. Vamos nos erguer acima do “caos aparente” e confiar que Deus tudo Cura e Provê a cada instante de nossas Vidas e com esta Nova Dispensação Crística através de HAUMEA, nós como Humanidade abraçaremos a nossa totalidade e reconheceremos somente o que reflete nossas energias, portanto, que possamos permitir que as Bênçãos Divinas illumine este “Momentum de Luz” e abençoem o Inconsciente Coletivo dos dirigentes governamentais e líderes, e que nós, como humanidade, possamos ancorar a Força e Poder de Novas CoCriações mais Conscientes, com Respeito aos Valores Humanos e a todas as Formas de Vida. Vamos “Surfar as Ondas de Mudança”, buscando nossa Segurança na Fé e no Poder de Deus que tambem habita dentro de nós, é no silêncio e na Oração que nos fortalecemos. .

ALOHA HAUMEA E GRATIDÃO POR PERMITIR ESTES NOVO CICLO NA MÃE TERRA!
Dias Iluminados com Saúde, Amor, Abundância muitas Realizações,
PAX & Luz,
Eu Sou,
Carmen Balhestero


HAUMEA ( significa Aquela que Governa a Terra Vermelha ), é Mãe de Madame Péle e de acordo com a Mitologia Hawaiana, Haumea criou as  8 ilhas e todos os vulcões do Hawaii – O Elemento Fogo que flui nos vulcões traz a força de Haumea e a Deusa dos Vulcões é sua Filha, Péle. Nas crenças  religiosas do Hawaii, tudo está internconectado e tudo possui espírito e vida, Haumea, é a Mãe Ancestral o Matrix da Criação e o Espírito da Mãe Natureza que flui em todos e em todas as coisas. Ela traz Conhecimento através do alimento físico e spiritual. Ela se apresenta de várias formas, desde o tubarão até como um ser humano.



Haumea cresce, e renasce a cada dia, o mesmo processo que reflete a forma que as ilhas do Hawaii nascem e se renovam . Ela tambem conhece o Poder de Cura das Ervas. Para os Hawaianos, a Mãe Terra foi criada do FOGO e as Ilhas do Hawaii surgiram como parte do Corpo deste Grande Espírito  : Haumea. As ilhas do Hawaii são a manifestação do Espírito de Haumea. Acredita-se que Haumea retornou com toda Sua Força e Poder em 28 de dezembro de 2004, quando um planeta anão foi reconhecido por astrônomos na montanha sagrada de Mauna Kea no Hawaii e decidiram nomear este planeta anão HAUMEA. ( este planeta tem 8 luas – que correspondem aos 8 filhos de Haumea )

O planeta anão Haumea, é o objeto mais estranho que já foi visto no sistema solar e é muito diferente do resto dos objetos do Cinturão Kuiper, onde foi avistado. Seu formato de charuto o torna o único planeta anão que não é esférico. Ele gira ao seu redor em alta velocidade e completa sua órbita total em menos de 4 horas .Acredita-se que ele foi formado da colisão de dois planetas e suas duas luas principais se chamam Hi´iaka ( a Deusa que protege a ilha Grande do Hawaii ) e Namaka ( a Deusa da Água ), nomes de dois filhos de Haumea Segundo a Mitologia Hawaiana. 

Na Astrologia, Haumea representa a crença no Crescimento e na Criação no movimento alternativo espiritual que reverencia Deus como “Deusa” = Amor Incondicional. 

A descoberta de HAUMEA que agora age no consciente público das pessoas, mostra que a Deusa retornou com todo o seu Fogo e Espírito Criativo, ancorando as Bençãos de um Novo Ciclo nesta Nova Era.


By Pax – Carmen Balhestero – www.pax.org.br