MAHA SIVARATRI

Queridos Amigos,

Nesta quinta (27/02), à meia noite, horário local em cada país, será um momento importante na história da Terra e do Universo.

MAHA SIVARATRI – 27/fev/2014.

Para os Siddhas , KALKI, a décima encarnação de Vishnu estará retornado à Mãe Terra, pondo fim à Era das Trevas (Kali Yuga) que começou à meia noite do dia 23 de janeiro de 3012 A.C. e iniciando a Era Satya Yuga, em 27 de fevereiro de 2014, em SATYA YUGA a mentira e o mal não são conhecidos e a Luz retorna com todo seu Poder, derrotando as Trevas. Um dos mantras de Kalki, é OM NAMASIVAYA – que auxilia a trazer consciência de abundância; habilidade de operar Milagres; iluminar o corpo físico . Estas são as qualidades que todos os seres em todos os reinos que estão encarnados poderão desenvolver agora.

Vejam também mantras de KALKI e a explicação sobre este incrível “Momentum” de novas Co-Criações.

Gratidão Eterna ao Poder Supremo de Deus-Pai-Mãe pela oportunidade de estarmos encarnados nestes momentos de transformação e poder servir à Luz.

Dias Iluminados com muito Amor, Abundância, Bençãos e muitas Realizações,

PAX & Luz,

Eu Sou,

Carmen Balhestero


Estamos vivendo um momento de Transformação, Novas Escolhas e Reformulação em nossas Vidas, em todos os países.

Sugerimos que possam ouvir e aprender a cantar o mais antigo e sagrado Mantra em sânscrito, para participar deste MOMENTUM CO-CRIANDO A PAZ PLANETÁRIA, TRANSMUTANDO A DOR, LIMITE, SOFRIMENTO E TUDO O QUE NÃO SEJA LUZ sobre a Mãe Terra nos próximos 30 dias – de 27/fevereiro à 27/março/2014, fortalecendo a energia de UNIDADE, RESPEITO AOS VALORES HUMANOS E BENÇÃOS na Mãe Terra e em todos os Reinos : Hominal, Vegetal, Mineral, Animal.

QUE JUNTOS POSSAMOS ESCOLHER COM DISCERNIMENTO E AMOR INCONDICIONAL OS PRÓXIMOS PASSOS COMO HUMANIDADE CRÍSTICA CONSCIENTE, CO-CRIANDO A PAZ, SAÚDE, ABUNDÂNCIA E FELICIDADE A CADA DIA.

Participe deste Momentum de LUZ fazendo a sua parte, dando poder e sustentando a energia de VITÓRIA DA HUMANIDADE através do mantra mais antigo que existe, que reverencia o SOL, DEUS, UMA NOVA VIDA cantando conosco todos os dias, por pelo menos 1 mês, em sintonia com os Planos de Luz.


Mantras KALKI


Gayatri Mantra

Letra:

Om Bhur Bhuvah Swaha
Tat Savitur Varenyam
Bhargo Devasya Dhimahi
Dhiyo Yo Nah Prachodayat


Sri Kalki Purana
sajala jaladavarno vatavegaikavahah
karadhrta karavalah sarvalokaikapalah
kakikulavanahanta satyadharma praneta
kalayatu kusalam vah kalkirupah sa bhupah

tradução:

“Que Lord KALKI, cuja complexidade simboliza o Portal que atravessa uma nuvem de chuva bem escura;
cujo cavalo viaja mais rápido que o vento;
que protege os justos com Sua espada;
que estabelece a Satya –Yuga após derrotar Kali – a deusa das Trevas,
que Seu Poder te cubra de Bençãos com Novas Co-Criações.”

No final da Era Kali Yuga,O Lord Supremo Hari, re-encarna como Lord KALKI, aquele que vê o passado, o presente e o futuro.
Cinco mil anos atrás, Sri Krishna Vyasa, uma encarnação poderosa de Lord Krishna, surgiu na terra sagrada de Bharatavarsa. Percebendo que as 4 eras ou yugas progrediam; o poder verdadeiro dos seres humanos diminuía, devido ao excesso do poder manipulativo , ao abuso do poder e à recusa de usar o poder crístico que tudo abrange através da criatividade e respeito . Agora, em SATYA YUGA, é o momento de resgatar o poder crístico individual e ser encarnado assumir responsabilidade perante suas escolhas a cada dia.

Lord Krishna dividiu o Veda ( livro sagrado dos hindus ) entre seus 4 principais discípulos, que por sua vez, dividiram novamente o Veda em muitas partes e disseminaram estes conhecimentos pelo mundo afora.

Para os Siddas, de acordo com a Astrologia Veda, esta quinta-feira, 27/fevereiro/2014, à meia noite ( horário das trevas ), horário local em cada país, é a hora exata que marca o retorno de LORD KALKI, a décima encarnação de Deus na Terra ( Lord Vishnu) , e inicia-se a nova ERA da LUZ : SATYA YUGA .

Sobre Kalki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Kalki é uma figura da religião hindu. Trata-se do décimo e último grande avatar de Vishnu. Seu nome é freqüentemente tomado como metáfora para “eternidade”,”tempo” ou “a morte” relacionado ao futuro e a morte.

Segundo os preceitos do hinduísmo, Kalki virá montado em um cavalo branco e desembainhando uma espada flamejante no fim da idade da escuridão, ou Era de Ferro (Kali Yuga) para eliminar o mal e fazer a restauração do dharma. Podendo assim se iniciar um novo ciclo, o começo de uma Satya Yuga.

A tradição hindu permite interpretações diversas do que avatares são e como eles agem. Avatar significa “descida” e indica uma descida da consciência divina em uma manifestações de forma mundana. O Garuda Purana enumera dez avatares, sendo Kalki o décimo. O Bhagavata Purana inicialmente lista vinte e dois avatares, mas cita um adicional de três para um total de vinte e cinco avatares. Ele é apresentado como o vigésimo segundo avatar na lista.

Imagens populares mostram Kalki montado num cavalo branco com asas. Nestas imagens, Kalki aparece brandindo uma espada na mão direita e está empenhada em erradicar a miséria, corrupção e deboche de Kali Yuga. As vezes, é representado como a forma de um homem com uma cabeça de cavalo, chamado de Vajimukha.

Kali Yuga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Kali Yuga (Sânscrito: कलियुग [kəli juɡə], “Idade do Demônio Kali” ou “Idade do Vício”) é um período que aparece nas escrituras hindus. É a última das quatro etapas que o mundo atravessa; sendo as demais: Satya Yuga, Treta Yuga e Dwapara Yuga. Seu ponto de início e sua duração têm dado origem a diferentes avaliações e interpretações.

De acordo com a mais conhecida, o Siddhanta Surya, Kali Yuga começou à meia-noite em 18 de fevereiro de 3102 a.C., no calendário juliano, ou 23 de janeiro de 3102 a.C. no calendário gregoriano, considerada a data em que Krishna deixou a Terra para retornar a Goloka Vrindavana, sua morada espiritual.

A maioria dos intérpretes das escrituras hindus, tais como Prabhupada, acreditam que a Terra está atualmente em Kali Yuga. Muitos outros, como Swami Sri Yukteswar e Paramahansa Yogananda acreditam que agora é Dwapara Yuga.

E alguns como Aurobindo afirmam que Kali Yuga já acabou.

A era de Kali Yuga é também denominada a Era de Ferro, e sua duração proposta é de 432.000 anos (já tendo se passado 5000 segundo o Siddhanta Surya), embora outras durações tenham sido propostas.

Escrituras como o Mahabharata e o Bhagavata Purana apresentam Kali Yuga como uma era de crescente degradação humana, cultural, social, ambiental e espiritual, sendo simbolicamente referida como Idade das Trevas porque nela as pessoas estão tão longe quanto possível de Deus. O Hinduísmo muitas vezes representa a moralidade (dharma) como um touro. Na Satya Yuga, o touro tem quatro pernas (os quatro princípios védicos de não-violência, austeridade, veracidade e limpeza), mas em cada era uma dessas pernas é reduzida, sobrando em Kali Yuga somente a perna da veracidade, resguardada pelas escrituras e pelos gurus fidedignos.

Kali Yuga é associada com o apocalíptico demônio Kali, não devendo ser confundido com a deusa Kali. É dito no Bhagavata Purana que Kali recebeu permissão para viver onde quer que houvesse matança de vacas, jogatina, prostituição e embriaguez, sendo estas características proeminentes da Era de Ferro.

O Brahma Purana Vaivarta menciona um período especial de 10.000 anos, dentro de Kali Yuga, durante o qual a bhakti yoga estará presente e o planeta gozará de uma relativa trégua. Seguidores de Caitanya Mahaprabhu, entre os quais se contam os membros do Movimento Hare Krishna, vêem nisto uma profecia da era inaugurada por Caitanya no século XV, onde o amor a Deus torna-se facilmente acessível através do sankirtan, o canto congregacional dos nomes sagrados. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, fundador do Movimento Hare Krishna, disse que seus livros serão a autoridade máxima em matéria de espiritualidade no decorrer dos próximos 10.000 anos.

As profecias dos Puranas indicam que Kali Yuga se encerrará com o advento de Kalki, avatar de Vishnu que virá destruir o demônio Kali. Então se iniciará uma nova Era de Ouro (Satya Yuga), quando a Terra será governada pelos brâmanes e habitada somente por homens justos.

Satya Yuga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Satya Yuga é a era,que segundo os hindus, onde a mentira e o mal não são conhecidos, sendo apenas a bondade e a virtude prevalecente. Esta era dura 4.800 anos.

By Pax – Carmen Balhestero – www.pax.org.br